Primiro Workshop Nacional de Disseminação na Bulgaria

O primeiro workshop nacional de disseminação teve lugar na sede do Centro Runi, Bulgaria,  no dia 10 de Outubro de 2014. Nele participaram 10 profissionais de emergência médica, que trabalham em diferentes centros  de emergência em todo o país.

Durante o evento,  foi apresentado o projecto aos participantes, bem como os seus objectivos, os resultados da pesquisa realizada, a plataforma de aprendizagem e a primeira unidade didactica  do projecto Medilingua. Os participantes receberam, igualmente, os materiais informativos e de disseminação do projecto (posters, folhetos, newsletters). Todos os presentes se mostraram muito interessados no projecto, especialmente a plataforma de aprendizagem e a maior parte deles mostrou o seu interess em participar nas actividades futuras ( como a fase de teste piloto, por exemplo)They also all received dissemination materials (posters, leaflets, newsletters).

Durante o workshop, o pessoal do Centro Runi forneceu informação detalhada da plataforma de aprendizagem e mostrou aos profissionais de emergência  médica como navegar dentro dela e experimentar e testar as suas funcionalidades. Os comentários dos participantes foram muito positivos. Eles realçaram o design e a excelente programação da primeira unidade. Os profissionais de emergência mostraram, igualmente, muito interesse sobre as proximas unidades didacticas.

Um importante valor acrescentado  resultante do workshop,  adveio do facto de que os participantes começaram a  considerar a possibilidade de criar a sua própria associação de profissionais de emergência. O staff do  Centro Runi  forneceu algumas indicações acerca dessa iniciativa, nomeadamente as questões financeiras, bem comos as barreiras legais e financeiras da criação de uma associação.   Foi acordado uma futura reunião entre o Centro Runi e os participantes para analisar mais detalhadamente a questão da criação de uma associação de profissionais de emergência médica. O objectivo da criação de uma associação seria o de defender os direitos destes profissionais   e de promover a integração da profissão de profissional de emergência médica na legislação nacional. Se esta iniciativa se concretizar, esta associação irá  promover o conceito e os resultados do projecto Medilingua ao maior número possivel de profissionais de emergência médica, na Bulgária.

Reunião de Coordenação em Berlim

A segunda Reunião do projecto Medilingua teve lugar em Berlim – Alemanha, nos dias 30 de Junho e 1 de Julho de 2014. Os parceiros apresentaram os resultados da pesquisa em cada país e os resultados que forram sumarizados num Relatório comum que foi elaborado pela Universidade de Rzeszów. Baseado nas conclusões dessa pesquisa, os parceiros determinaram o nivel do curso (B1) e definiram as 6 situações mais comuns de emergência médica que os profissionais de emergência médica enfrentam diariamente, no seu trabalho (inicialmente estava previsto apenas 5 situações). Os 2 parceiros peritos na área médica – a  Universidade de  Rzeszów  e a  Gesaude- acordaram em preparar os cenários para  as unidades didácticas nas semanas seguintes após a reunião.

Leia mais...

Sobre a pesquisa efectuada em Portugal, pela GESAUDE

Em Portugal, a fase de pesquisa superou as expetativas iniciais.
Depois da Primeira Reunião Transnacional realizada nos dias 20 e 21 de Janeiro de 2014 , a Gesaúde procurou reforçar os primeiros contatos estabelecidos com entidades responsáveis pelos serviços de emergência médica.

Deste modo foram realizadas reuniões com 6 coorporações de bombeiros e com o INEM (Institudo Nacional de Emergência Médica) para dar informação sobre o projecto e a solicitar a participação  destas organizações no projecto.
 Das reuniões e contatos com estas entidades tivemos forte adesão das entidades contactadas. Foram disponibilizados inquéritos para distribuição pelos profissionais da emergência, para conhecimento das realidade da emergência em Portugal.

Estima-se que existam aproximadamente 250 profissionais de emergência na região da Gesaude dos quais  110  preencheram e entregaram o questionário para tratamento estatístico. Os dados recolhidos foram tratados e divulgados na Segunda Reunião Transnational que decorreu a 30 de Junho e 1 de Julho em Berlim.

Pesquisa na Alemanha

A fase de pesquisa quantitativa começou logo após a primeira reunião transnacional do projecto, realizada em Coimbra e terminou com a segunda reunião do projeto em Berlim, no dia 1 de julho, quando foram apresentados os resultados conjuntos da análise das respostas aos questionários Medilingua.

O objetivo desta fase (fase de pesquisa quantitativa) foi identificar as situações de emergência médica especificas mais prevalentes para uma variedade de grupos demográficos, incluindo bébés, crianças, mulheres grávidas, adultos e idosos, bem como identificar os dispositivos moveis mais utilizados móveis entre profissionais de emergência médica e outros profissionais de saúde nos países parceiros.

Para isso entramos em contato com mais de 40 instituições de profissionais de emergência , de grandes organizações internacionais, como a Cruz Vermelha - que empregam 150 profissionais de emergência médica só em Berlim - a empresas muito menores que prestam serviços de transporte de emergência médica. Os questionários Medilingua foram fornecidos e, em alguns casos, a oportunidade surgiu para estar algum tempo com estes profissionais e explicar alguns dos aspectos mais práticos de como o projecto  Medilingua pretende cumprir sua missão daqui para a frente.

Pesquisa na Bulgária

88 profissionais de emergência  da Bulgária participaram na pesquisa. Todos eles completaram os inquéritos no periodo indicado. Representantes do Centro  RUNI  realizaram reuniões presenciais com alguns deles, a fim de apresentar  o projeto,  objetivos e a  fase de pesquisa. Os representantes do Centro RUNI também lhes forneceram instruções detalhadas sobre como preencher os questionários. O mesmo foi feito por meio de telefonemas ou por e-mail  com os  profissionais  que não puderam participar nas  reuniões. Todos os entrevistados mostraram um grande interesse no projeto e declararam a sua vontade em participar nas futuras  atividades do projecto.

Devido ao estatuto profissional complexo dos profissionais de emergência,   na Bulgária,  as posições de trabalho e competências dos inquiridos eram muito diversas. Para o recrutamento de participantes para a pesquisa, o Centro  RUNI adoptou a  definição de profissionais de emergência fornecido pelo dicionário Oxford.

Próximos passos?

 Foi acordado quea próxima reuniãotransnacional será realizadade  30de Junho a1 de Julho de2014, emBerlim. Logo após a reunião  realizada em Coimbra a fase do projeto de pesquisa será iniciada. O seu objectivo será descobrir aa situações de emergência e de primeiros socorros  mais comumente ocorridas nos países parceiros nas áreas temáticas de adultos, crianças, bebés, mulheres grávidas e idosos. A pesquisa irá, também, identificar os dispositivos móveis mais usados ​​entre o grupo-alvo. A pesquisa será realizada em duas partes- pesquisa documental e pesquisa quantitativa. Para esta segunda parte, foi elaborado um questionário, pela Universidade de Rzeszow e traduzido para todas as línguas da parceria. A pesquisa deve estar concluída antes da reunião de Berlim e a  Universidade de Rzeszow é responsável pela criação de relatório comum resumindo os  resultados