Medilingua’s Portuguese partner, Gesaude, has been very busy since the Second Transnational Meeting in Berlin.

We have communicated the results of the transnational meeting to all the staff of Gesaude, to local partners in Pedrógão, and to paramedics working at INEM and firefighters at the regional level.

Newsletter No. 3 was sent to project stakeholders and to target group in the project. Gesaude also used its Facebook and website corporate account to disseminate more widely information about the project’s development.

O parceiro português no projecto “Medilíngua”, Gesaúde, esteve bastante activo desde o segundo encontro transnacional em Berlim. Comunicámos os resultados da reunião transnacional de Berlim, a todo o staff da Gesaúde, aos parceiros locais em Pedrógão Grande e aos profissionais de emergência médica que trabalham no INEM e às corporações de bombeiros, a nível regional.

A Newsletter nº 3 foi enviada aos stakeholders do projecto e ao público alvo. A Gesaúde usou, igualmente o Facebook e o site institucional para disseminar, de forma mais abrangente, o desenvolvimento do projecto

Para as actividades de disseminação foram contactados os parceiros locais, no sentido de organizar o primeiro workshop de disseminação. Dado que a Gesaúde cobre uma ampla área geográfica em Portugal (toda a região Centro), foi decidido organizar a realização de 4 workshops de disseminação, com as diferentes organizações onde os profissionais de emergência  desenvolvem os seus serviços.

Estes workshop foram realizados durante os meses de Outubro e Novembro de 2014, em diferentes locais:
Na sede regional do INEM Centro, em Coimbra; na sede da Corporação dos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos e na Corporação dos Bombeiros Voluntários da Sertã. Da mesma forma, foi realizado um workshop na Escola Tecnológica e Profissional de Pedrógão Grande. Foram, ainda, fornecidas informações sobre o projecto “Medilíngua”, durante a Feira Anual, este ano dedicada aos Serviços de Saúde , em Vila Facaia, através do Stand da Gesaúde. Os profissionais de emergência médica estão envolvidos no processo de teste da plataforma, desde Setembro de 2014. Eles foram selecionados por telefone ou email e também através dos diversos encontros presenciais que foram realizados durante o desenvolvimento do projecto. O objectivo foi o de os familiarizar com as características e funcionalidades da plataforma e orientá-los para a fase seguinte do projecto: o Teste Piloto.

A opinião generalizada foi bastante positive e registou-se uma forte adesão à plataforma. Os nossos profissionais de saúde expressaram uma considerável motivação para o seu envolvimento durante a fase de teste piloto. Iniciámos o registo dos participantes e a criação de contas para cada um, na plataforma. Alguns testes preliminares já foram realizados e os profissionais estão entusiasmados com o inicio, para breve, da fase piloto de teste, com todos os conteúdos já disponíveis